30 de março de 2011

Entrevista com Luiza Salazar

É com grande orgulho que posto no blog
uma entrevista a Autora do livro Os Sete Selos, Luiza Salazar.

Luh quando você notou que suas anotações virariam um livro?
Luiza: Hum, no caso de Sete Selos não rolou muita anotação. Eu peguei um caderno na Itália e comecei a escrever, meio que pensando onde aquilo podia me levar. E acabou me levando a uma história que eu gostei muito de escrever e cujo resultado me deixou muito feliz!

Quando a gente lê os livros, meio que criticamos os personagens, dizendo "Ai eu faria isso, falaria aquilo, etc". Os seus personagens foram criando vida própria conforme o desenrolar da história ou eles continuaram o que você queria do começo ao fim?
Luiza: Personagens tem essa tendência maravilhosamente irritante de criarem vida própria. Sim, você pode definir as características gerais deles, mas no fim das contas, eles fazem o que querem. Acho que um bom autor aceita isso e sabe que os personagens sabe o que é melhor pra eles.

A Personagem Lara tem alguma coisa de você?
Luiza: Aparentemente sim! Não foi nem um pouco essa a intenção mas eu acho que a teimosia, cabeça dura e frieza da Lara vem um pouco de mim. Mas juro, nunca nem pensei nisso. Só estou repetindo o que me disseram!

Conte um pouquinho de Lucius, como foi escrever este demônio arrebatador?
Luiza: Hahahahahahhaa pois é, que bom que as pessoas estão gostando do Lucius, porque escrever ele foi MUITO divertido! Eu queria um interesse masculino que fosse meio misterioso, meio ambíguo. Nunca gostei de herois clássicos, aquele príncipe no cavalo branco é tedioso, nunca me atraiu. Eu gosto da personalidade do Lucius, de como ele é dúbio e não óbvio.


No twittcam você disse que gosta de livros de suspense, qual livro você mais curtiu de ler e indicaria para os seguidores do blog?
Luiza: Hum, eu gosto muito de livros de terror. Dos que eu li, o que eu mais recomendaria é The Replacement, da Brenna Yovanoff, porque ele mistura elementos de terror com coisas de fantasia e é simplesmente um livro maravilhoso!

Dos personagens do livro qual foi o mais prazeroso e fácil de escrever e o mais difícil?
Luiza: O mais prazeroso acho que foi o Lucius. Como eu disse, eu me diverti MUITO fazendo o personagem dele, porque ele apareceu muito pronto na minha cabeça. Foi só uma questão de colocar as atitudes dele em palavras. Acho que o mais difícil foi a Lara. O personagem principal é sempre complicado porque ele tem que ser o mais coerente, o mais especial, afinal de contas, a história é sobre ela, certo? Eu precisei prestar muita atenção no que movia cada atitude dela, sem perder de vista quem ela sempre foi.

Tem algum lugar do livro que você conheceu em suas viagens?
Luiza: Bom, na verdade eu li Drácula, do Bram Stoker na Áustria. Comprei o livro no castelo onde supostamente o Drácula morou, o que foi super legal. Comprei Inkheart em Londres também, mas já conhecia a história.


Teve algum momento do livro que você travou e achou que não fosse conseguir continuar?
Luiza: Sim. Perto do final eu fiquei muito tensa, com medo de não ser o final ideal ou de alguma coisa sair errado, ainda que eu controlasse tudo. Sempre rola esse medo de estar fazendo algo errado, algo muito ruim que ninguém vai querer ler. Mas o importante é colocar a cabeça no lugar e continuar.

Seu livro saiu a pouco tempo, e pelo que tenho acompanhado aqui no Brasil a aceitação está sendo muito boa. Você achou que o livro iria ser bem aceito?
Luiza: Bom, é complicado prever o resultado de um livro né? Eu ainda estou completamente impressionada pelo fato de qualquer pessoa querer ler alguma coisa que eu escrevi, mas estou muito satisfeita com o resultado. Sim, eu sei que críticas negativas virão (tanto honestas quanto de haters) mas o importante é lembrar que tem pessoas lá fora curtindo seu trabalho e é pra isso que eu escrevo. Para quem quer ler minhas histórias.

Foi difícil achar uma editora para a publicação do livro? E você teve que modificar alguma parte para publicá-lo?
Luiza: Foi difícil tomar a decisão de tentar publicar Os Sete Selos, eu estava com muito medo. Mas eu tive a sorte de achar uma Editora tão carinhosa como a Underworld.

Você sente saudades de escrever Os Sete Selos?
Luiza: Hum, acho que sim! Agora que o filho saiu do ninho, dá saudade, mas uma hora a gente tem que largar né? Já estive envolvida em muitos outros projetos desde então e escrever uma história nova é sempre bom!

Conte um pouquinho de você e, se puder, fale alguma coisa de Bios*.
Luiza: BIOS foi uma história que apareceu prontinha na minha cabeça. Foi complicada de escrever, mas foi MUITO divertida e era algo que eu queria escrever faz tempo. Infelizmente ainda não posso revelar nada sobre a trama, mas fiquem de olhos abertos porque daqui a pouco vai rolar notícia sobre o livro e o lançamento na Bienal do Rio de 2011.


Tem alguma coisa que você gostaria de dizer para os leitores do seu livro?
Luiza: Espero que vocês se divirtam tanto lendo quanto eu me diverti escrevendo!

Luh quero muito te agradecer pela disponibilidade de tempo para responder as perguntas. Muita sorte com o livro, tenho certeza que vai ser um sucesso, já é por sinal.

Muito obrigada querida! Agradeço a oportunidade e eu estou sempre aqui para responder dúvidas!
Um beijão!

3 comentários:

Rafaela Ventura disse...

Adorei!!! A Lu é mto fofa!! ^^
Já tô curiosa sobre BIOS!!!

Bjo Bri!!

@Fal_Ventura
http://sweetsromances.blogspot.com

Jheyscilane disse...

Que autora mais fofa *Fiquei doida pra ler o livro dela - Os sete Selos*

Obrigado por vc ter avisado da entrevista da autora pelo Skoob... quando são avisos de promo *eu fico tristinha - não ganho nada kkkk* mas adoro conhecer novos autores e adorei conhecer a autora de *os Sete selos*

Vou add o livro no skoob =)
Bjus *Blog muito lindo... até vou participar da promo Beijada por um anjo *uuhuu vai que minha sorte muda*
Bjãoooo

Nick e Mô disse...

Adorei a entrevista, a Lu é super fofa! To lendo o livro dela e to amando.
beijos

Postar um comentário

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...