30 de agosto de 2011

Romance de banca: literatura ou bobagem?




Olá leitores do Meu livro Rosa Pink, tudo bem com vocês? Fiquei muito contente quando a Bri me convidou pra ser colunista do blog, já que aqui é um local que visito sempre e a Bri trata todos os seus leitores com o maior carinho e dedicação =)
Para minha estréia como colunista, escolhi um tema controverso: os romances de banca, tratado por muitos como bobagem, sub-literatura, os romances de banca estão aí, aos montes, pra quem quiser ler! De fácil acesso, barato e envolvente, virou sinônimo de literatura feminina (mas eu garanto a vocês que não são só as meninas que leem viu?).
Eu estava até conversando com minhas amigas sobre isso no Twitter dias atrás, como ando enjoada de ler sobre anjos, vampiros, demônios... Cheguei a dizer pra elas que iria dar um tempinho na minha leitura e emendar um bom romance de banca, huahauahuahaua, afinal, ninguem é de ferro né?
E quem não curte um romance regado a sensualidade, mocinhos sedutores e mocinhas teimosas?
Fico imaginando onde foi que surgiu esse preconceito contra os romances de banca. Quando eu era adolescente, devorava vários durante a semana e foi com eles que aprendi a gostar de leitura e a querer ler cada vez mais!
Pra mim, leitura é leitura e não vejo diferença entre um romance de banca e um romance de livraria. Tudo depende do momento em que você está vivendo não é mesmo? Estou com três aqui pra ler!

Você sabia...
Que a Nora Roberts, aclamada escritora de romances, é uma típica escritora de romances de banca? Nos Estados Unidos, onde ela originalmente publica seus livros, eles são vendidos em bancas. Aqui no Brasil, uma editora comprou os direitos dos seus livros e transformou-os em romances de livraria, mas quem já leu seus livros identificará traços claros de um bom romance de banca ;)

E vocês, o que acham sobre essa polêmica? Curtem romance de banca? Deem sua opinião, vou adorar saber o que você pensa ^^

Beijos a todos, ótima semana, até 3ª que vem =**


Postado por Lilian Britto especialmente para o blog Meu Livro Rosa Pink =)


15 comentários:

Lidiane Ster disse...

O livros de banca sofrem muito preconceito, mas concordo com você são divertidos e ótimos pra quando queremos dá uma tempo, trocar de estilo. Também já li muito, principalmente na adolescência, e era muito bom, me ajudou a gostar ainda mais de ler. Acho que algumas pessoas tem preconceitos por serem muitas vezes parecidos, o roteiro da história. Mas mesmo assim, são divertidos, leves e prazerosos.
Já sabia que a Nora Roberts escreve livros de banca e que aqui eles ganharam uma encadernação mais luxuosa, e trocaram de classificação, foi um ótimo exemplo citar ela, afinal é uma autora que o grande publico de romances brasileiro gosta. É bem provável que gostassem se alguns romances de banca se lessem eles.

A Leitora disse...

Já li 1 livro de banca, da Editora Harlquein. Eu adorei, e menina vou contar!! que livro Hot.
O nome era Senhores do Crepúsculo.
Super recomendo o livro!!
Acho que ainda tem sim um pré-conceito, contra livros de banca, uma pena, pois tem ótimas estórias.
Mais eu acho que a visão está mudando, pois tem muitas amigas blogueiras que estão dando espaço para estes livros em suas caixinhas do correio!!
O que é bom, e "ruim" porque só faz minha lista de livros aumentar!!! auhauha

Adorei sua postagem Lih, parabéns, ótimo tema!!

Caçadora de Livros disse...

Eu gosto de romances de banca sim!
Possuem histórias ótimas, são baratos e o melhor de tudo, alcançam várias classes sociais!
^^

CAMILA disse...

Adoro romances de banca ! Não entendo pq certas pessoas tem preconceito com eles.

deiare disse...

Concordo com tudo o que disse.
Eu tbm já li muito romance de banca.
Adorei o post.
Bjos!!!
Andréia
Sentimento nos Livros

Aione Simões disse...

Bom, eu não posso opinar sobre os livros diretamente porque nunca li nenhum, mas eu morro de vontade de ler algum!
Amo um romance água com açúcar, regado a sensualidade e personagens envolventes!
Preconceito infelizmente existe em qualquer lugar, sobre qualquer assunto e, como o nome diz, é oriundo de quem não conhece sobre o que está falando e faz um pré-julgamento.
Acontece, infelizmente!
Muito bom o post de estréia ;)
Beijos!

Pah disse...

Oii, parabéns pela estréia, nem preciso falar que adorei o tema abordado né?!

Adoro romances de banca, também não entendo esse preconceito, e para mim, isso é coisa de quem ainda não leu, pois após lê-los fica claro que eles são romances como os convencionais, deliciosos, a Nora Roberts é um ótimo exemplo disso.

Mas também confesso que antes de ler meu primeiro romance de banca ficava receosa, acho que as capas (não todas) passam uma imagem muito “picante” e eu ficava envergonhada com a possibilidade de ler algo do gênero. Hoje vejo que era uma super bobeira de menina e defendo que você só deve julgar um livro após lê-lo.

Bri, comprei um para te mandar, mas to esperando o marcador do blog ficar pronto! *-*

Beijokas
Pah, Livros & Fuxicos

Larissa disse...

Comecei a gostar de livros lendo romances de banca, pode parecer estranho para muitas pessoas, mas é verdade...
Minha estante é cheia de romances de banca, sempre quando não quero ler um livro sobrenatural ou seja lá o que for, sempre leio um romance de banca.
Aliás livros são livros.
Adorei o post!

Bjs...
http://assuntosobrelivros.blogspot.com/

Ludmila disse...

Oi, Lilian!
Você falou tudo leitura é leitura, não importa se é romance de banca, romance de livraria, fantasia, ficção, não ficção, esoterismo, autoajuda... para mim o importante é ler! E cada um que leia o que melhor lhe cover, o que lhe fizer bem, o que achar melhor...
Adoro romances de banca e já li vários muito, muito bons.
Gostei muito do post!
Beijos

Kellen Baesso disse...

Lia muito livros de banca, parei um pouco, mas ainda quero voltar a ler.
:)

Julia G disse...

Quanto eu era mai novinha só lia livros de banca, que eu conseguia achar mais fácil e eram muito ais baratos.
Também dei uma parada, mas cmprei dois essa semana, de vontade que estou de ler.

Beijos
Conjunto da Obra

Fabi!! disse...

Oi, Parabéns pela estréia!!! Leio romance de banca, não escondo e falem mal se quiser (o que não é seu caso). Já vi várias pessoas que falam mal, mas leem Nora Roberts. Meu blog é sobre romances de banca e livros de livraria e recebo mais comentários nas resenhas de RdB e pra falar a verdade tem RdB e são bem melhores que RdL. Muitos bjos Parabéns!!

Fernanda - Trilhas Culturais disse...

Oie...ótimoo post! Adorei. Pois é...romances de banca eu nunca comprei, nunca conferi, não por preconceito (que não tenho nenhum), foi mais por sem querer mesmo. Mas acho que se uma pessoa escreve um livro, publica, porque não conferir seu talento né? Aliás, eu tenho curiosidade em conhecer alguns titulos legais de romaces de banca, já que nõa conheço nenhum. Bjusss.

Rosane Fantin disse...

Parabéns pelo post, Lilian! Não há nada mais relaxante e excitante (parece contraditório, mas é isso mesmo) que um bom romance de banca.
Abaixo o preconceito!
Beijos!

Renata Pereira disse...

Sempre tive muito preconceito mas literatura boa é boa de qualquer forma, vendida em banca ou em livraria concorda?
Meu preconceito está diminuindo, mas o que sempre me irritou foram as capas "escandalosas" kkkkkk, um homem quase nu, ou de peito nu, ou com uma mocinha parecendo frágil e indefesa kkkkkk, as capas eram quase todas iguais! Mas até isso deve ter um siginificado
bjs

Postar um comentário

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...