14 de março de 2012

Li e recomendo: Identidade Roubada

Oi gente, tudo bem? Meu nome é Fellipe, tenho 15 anos, sou viciado em twitter e em participar de sorteios de livros nos blogs literários, e sou um dos novos colunistas aqui do Meu Livro Rosa Pink. Além de colunista aqui do blog eu também faço parte do blog da Dani Fuller, onde você pode encontrar mais posts meus, e pode me encontrar online no twitter ( @felliphy ), onde estou na maior parte do tempo.








Era para ser um dia como outro qualquer na vida de Annie O’Sullivan. A corretora de imóveis levanta da cama com três objetivos: vender uma casa, fazer as pazes com a mãe e não se atrasar para o jantar com o namorado. Naquele domingo, aparecem poucas pessoas interessadas em visitar o imóvel. Quando Annie está prestes a ir embora, uma van estaciona diante da casa e um homem sorridente vem em sua direção. A corretora tem certeza de que será seu dia de sorte. Mas o inferno está apenas começando. Sequestrada por um psicopata, Annie fica presa durante um ano inteiro em um chalé nas montanhas, onde vive um pesadelo que deixará marcas profundas.




Identidade Roubada é um livro forte, intenso e intrigante. A cada página que passa você anseia por saber mais da história de Annie, e quanto mais a narrativa vai se desenvolvendo mais rápido ainda você devora o livro. Com uma narrativa densa e rápida a autora te surpreende do inicio ao fim.

O livro é narrado em sessões de terapias e esse fato deixou o livro ainda mais real, porque podemos acompanhar tudo que aconteceu com Annie antes, durante e depois do sequestro. Podemos acompanhar as marcas que o maníaco deixou a Annie e como ela tenta superar isso.

Durante a leitura é impossível você não se colocar no lugar da personagem, a narrativa é muito realística e densa, a autora não poupa detalhes ao descrever os sofrimentos de Annie, e te faz muitas vezes se perguntar o que faria em uma situação como aquela.

E se o começo do livro é surpreendente o final é ainda mais. Quando você pensa que o livro vai começar a ficar sem graça é quando fica ainda mais eletrizante, as últimas paginas são as mais viscerais e inquietantes.

Identidade roubada é um livro que recomendo. Uma narrativa densa, verossímil e eletrizante que te faz refletir sobre a vida e te deixa estupefato com os acontecimentos descritos. Leia e surpreenda-se.

5 comentários:

Dana Silva disse...

Oi, eu tb li este livro e adorei. Fiquei muito angustiada junto com a Annie e super adorei o que ela fez com ele... Recomendo demais o livro. bjs
Dana
www.feedyourhead.com.br

Aione Simões disse...

Parabéns pela estreia, Fellipe!
Tenho muita vontade de ler esse livro, principalmente por ser uma narrativa tão realista!
Beijão!

Larissa disse...

Terminei de ler ontem esse livro, ameiii *-*
Adorei a sua opinião sobre ele.

Bjs...
http://assuntosobrelivros.blogspot.com/

Rosane Fantin disse...

Depois de uma resenha tão bem feita como essa é impossível a gente não ficar doida para ler esse livro. Ainda não tinha ouvido falar dele, mas certamente já está na minha meta de leitura para este ano. Parabéns ao Fellipe que, apesar da pouca idade, mostra uma grande capacidade de condensar um história, expondo sem spoiler pontos importantes do livro e despertando o interesse nos futuros leitores. Meus parabéns também à Bri, por ter o Fellipe como seu comentarista. Muito bom!
Beijos!!
Rosane
http://romancesaovento.blogspot.com

Ludmila disse...

Oi Felipe!
Ótima sua resenha e eu sou doida para ler Identidade Roubada...
Todas as resenhas que li foram positivas, mas a sua foi a única que falou que o livro é narrado em sessões de terapias... adorei saber disso e sim, fica muito real.
Parabéns pela estréia!
Bjos

Postar um comentário

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...